Longe de querer limitar a criatividade de qualquer pessoa, segue um breve guia dos enquadramentos mais utilizados em estúdio. Nunca se esqueça que o enquadramento está intimamente ligado à pose, que por sua vez se relaciona com a expressão e o figurino.

  •  Plano geral: enquadra-se o corpo todo; em fotos em locação, o contexto acaba sendo incluído.
plano geral
  • Plano americano: enquadra-se o modelo desde o topo da cabeça até uma linha que passa acima dos joelhos. É um recurso recorrente em filmes de faroeste.
plano americano
  • Plano médio: o corte é feito próximo à linha da cintura.
plano médio
  • Plano fechado: enquadram-se rosto e ombros.
plano fechado
  • Close-up: enquadra-se somente o rosto do modelo.
close-up
Para que o retrato nunca tenha um aspecto estranho, é comum evitar cortes sobre articulações (joelhos, cotovelos etc.) ou sobre as sobrancelhas, a boca ou a linha dos cabelos. Cortar bem pouco o topo da cabeça não é errado, e é inclusive preferível a se deixar muito espaço sobre a mesma (salvo situações em que o contexto ou a composição exigirem).

Todas as imagens: Copyright | B. Andreoli
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s